Polícia

PF e Receita flagram 33 mil litros de produto para refinar cocaína na fronteira de MS

Depósito foi descoberto pela inteligência da Polícia Federal

Thatiana Melo Publicado em 08/09/2021, às 07h53

None

Foram apreendidos pelas autoridades bolivianas, nesta terça-feira (7), mais de 33 litros de acetato de Etila, que serve para o refino de cocaína, em Puerto Quijarro, na fronteira com Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. O alerta veio da Polícia Federal e da Receita Federal.

As autoridades bolivianas foram alertadas pela inteligência da Polícia Federal e da Receita Federal. Foram apreendidos 33.200 mil litros do produto químico, que seria capaz de produzir mais de 2 quilos de cocaína, segundo o site Ponta Porã News.  

Cada quilo de cocaína no Brasil chega a ser comercializado por R$ 30 mil. Ainda de acordo com informações, a exportação do produto teria tramitado de forma regular no Brasil, mas tinha como destino a Bolívia. Não há informações se houve prisão.

Jornal Midiamax