Polícia

Idoso é autuado após pitbulls atacarem mulher e matarem cadela com mordidas

Ele foi identificado após investigações

Renata Portela Publicado em 15/09/2021, às 15h46

Cachorrinha não resistiu aos ferimentos
Cachorrinha não resistiu aos ferimentos - (Divulgação, PCMS)

Um idoso, 66 anos, prestou esclarecimentos e foi autuado por omissão de cautela na guarda ou condução de animais, após os dois pitbulls dele atacarem e matarem uma cadelinha. O caso aconteceu no final de agosto, em Três Lagoas, a 323 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a Polícia Civil, o ataque ocorreu na região central da cidade. A mulher abriu o portão de casa e ficou com os dois cachorros, da raça basset, na frente da residência. Em determinado momento, ela percebeu os dois pitbulls correndo na rua.

A vítima ainda viu a vizinha recolhendo os filhos pequenos para dentro da casa, mas logo em seguida os pitbulls foram em direção a ela. Uma cadelinha acabou atacada e mordida no pescoço e no corpo.

Também conforme a polícia, a mulher ainda tentou proteger a cachorra do ataque, quando acabou mordida no braço direito. Vizinhos conseguiram afugentar os cachorros com um pedaço de madeira, mas a cadelinha não resistiu aos ferimentos.

Após investigações, os policiais da 1ª Delegacia do município descobriram vários outros ataques por parte dos cachorros. O proprietário acabou encaminhado para a delegacia para prestar esclarecimentos e vai responder pela omissão de cautela.

Jornal Midiamax