Polícia

Homem leva multa de R$ 5 mil por degradar área de preservação permanente

Infrator realizou a construção de drenos para canalizar água para o seu imóvel, sem autorização ambiental

Marcos Tenório Publicado em 05/12/2021, às 17h15

None
(Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou, no último sábado (4), um homem de 39 anos, por degradação ambiental em área de preservação permanente de nascentes, em uma propriedade rural do município de Fátima do Sul, que fica a 239 km de Campo Grande. O infrator realizou a construção de drenos para canalizar água para o seu imóvel, sem autorização ambiental.

Para os policiais, o autor teria informado que a propriedade era herança do seu pai, que havia falecido recentemente e não possuía licença ambiental para as atividades, que foram paralisadas pelos policiais. Ele foi multado administrativamente em R$ 5 mil e responderá por crime ambiental de degradação de APP (Área de preservação permanente). 

O autuado foi notificado a apresentar um PRADA (Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada), junto ao órgão ambiental.

Jornal Midiamax