Polícia

Homem é assediado por pastor e procura polícia após receber nudes

Segundo vítima, abordagens continuaram mesmo após o pastor ter sido bloqueado

Danielle Errobidarte Publicado em 02/06/2021, às 14h45

None
(Foto: Ilustrativa)

Homem de 43 anos procurou a Polícia Civil para denunciar um pastor e personal traine que teria enviado mensagens com fotos de suas partes íntimas – conhecido como “nudes” – nesta terça-feira (1), no Bairro Parques dos Novos Estados, na Capital. A vítima relatou que já tinha bloqueado o pastor pelo menos motivo, em outro número de celular, mas as abordagens continuaram.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima afirmou que sequer sabe o nome do pastor, mas que ele havia se identificado como personal traine de uma academia. A igreja do suspeito também fica no Bairro Parque Novos Estados, segundo o denunciante.

O homem ainda alegou que o suposto personal traine questionou se ele “havia gostado” das fotos recebidas pelo WhatsApp, e afirmou que, quando possuía outro aparelho, também chegou a receber as fotos do pastor, mas o bloqueou. O caso foi registrado como perseguição na internet.

Jornal Midiamax