Polícia

Há dez anos: Bancário acusado de golpes contra aposentados é intimado via edital em MS

Justiça adotou tal medida tendo em vista que não localizou o réu para intimá-lo

Renan Nucci Publicado em 19/04/2021, às 14h10

None
Foto Ilustrativa

Por meio de edital, o bancário acusado de aplicar golpes contra idosos no município de inocência, a 329 quilômetros de Campo Grande, foi intimado pela Justiça a respeito da realização da audiência que ocorre no próximo dia 22, do caso pelo qual ele responde por estelionato. A medida foi necessária, tendo em vista que o réu não foi encontrado por oficiais, estando em local incerto e não sabido.

Consta na denúncia oferecida pelo MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) que, no ano de 2010, o investigado trabalhava em uma agência bancária contratado por meio de uma empresa terceirizada. A função dele era prestar atendimento a aposentados e pensionistas, meio pelo qual se aproveitou para aplicar os golpes. Ao todo, foram ao menos cinco vítimas.

Quando alguma das vítimas o procurava para atendimento, ele oferecia a elas empréstimos ‘facilitados’. O procedimento de solicitação de crédito era realizado junto à instituição financeira. Contudo, o réu exigia que as vítimas deixassem com ele o cartão bancário e alguns documentos pessoais, para que o empréstimo fosse finalizado. Imaginando realmente ser necessário, as vítimas obedeciam.

Desta forma, ele efetuava os saques e ficava com o dinheiro para si, prejudicando os idosos. Em alguns casos, chegava a ir até a casa das vítimas para pegar o cartão delas novamente, alegando que faria uma atualização dos dados.  “Posteriormente às vítimas tomaram conhecimento de que o denunciado efetuava os saques e pegava o dinheiro dos empréstimos, ao qual obtia vantagem ilícita induzindo às vítimas ao erro”, lê-se na denúncia.

Conforme edital divulgado no Diário da Justiça desta segunda-feira (19), disponível para consulta pública, o juiz Edimilson Barbosa Ávila publicou o edital informando a respeito da intimação. Além disso, uma versão impressa será afixada no Fórum da cidade, para que o acusado, não localizado até o momento, tome ciência do andamento do procedimento.

Jornal Midiamax