Polícia

Grupo furtava gado, consumia parte da carne e o resto vendia em aldeias

A Polícia Civil de Caarapó, a 273 quilômetros de Campo Grande, indiciou cinco suspeitos de abigeato na região. Os investigados furtavam os animais, abatiam e depois consumiam parte da carne e outra parte vendiam em aldeias indígenas. As investigações tiveram início no dia 28 de janeiro. O trabalho identificou os cinco autores envolvidos em ao […]

Renan Nucci Publicado em 03/02/2021, às 14h14 - Atualizado às 15h52

Ação foi realizada pela Polícia Civil. Foto: Divulgação
Ação foi realizada pela Polícia Civil. Foto: Divulgação - Ação foi realizada pela Polícia Civil. Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Caarapó, a 273 quilômetros de Campo Grande, indiciou cinco suspeitos de abigeato na região. Os investigados furtavam os animais, abatiam e depois consumiam parte da carne e outra parte vendiam em aldeias indígenas.

As investigações tiveram início no dia 28 de janeiro. O trabalho identificou os cinco autores envolvidos em ao menos seis crimes ocorridos entre os meses de dezembro de 2020 e janeiro deste ano. Eles foram conduzidos para esclarecimentos e confessaram os atos.

Conforme relatado à Polícia Civil, parte da carne era utilizada para o consumo dos próprios autores e o restante era comercializado na zona rural e aldeias. A delegacia ainda continua com as diligências investigatórias, pois foram identificadas outras pessoas que também participaram do crime.

“No total, seis indivíduos foram conduzidos à delegacia e cinco foram indiciados pelos crimes de abigeato e associação criminosa”, pontuou a Polícia Civil em nota à imprensa.

Jornal Midiamax