Polícia

Golpista ‘atravessa’ venda de moto, engana dois e deixa prejuízo de R$ 7,9 mil

Caso foi denunciado à Polícia Civil

Renan Nucci Publicado em 17/06/2021, às 16h58

None
Divulgação

Dois homens, um de 30 e outro de 34 anos, procuraram a Polícia Civil de Campo Grande nesta quinta-feira (17), após serem enganados por um estelionatário que ‘atravessou’ a venda de uma moto e deixou prejuízo de R$ 7,9 mil. Foi registrado boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro.

Conforme relato, o homem de 30 anos afirmou que na terça-feira viu uma moto sendo anunciada em uma plataforma de vendas na internet pelo valor de R$ 8,5 mil. Ele mandou uma mensagem para o anunciante e deixou um telefone para contato. Na quarta-feira, o suposto anunciante entrou em contato e deu início às negociações.

Até então, a vítima não fazia ideia que se tratava de um golpe. Ou seja, o golpista havia copiado o anúncio original da moto. Para minimizar risco de ser descoberto, mentiu para a vítima e disse que o veículo estava no nome do primo de sua esposa que, na verdade, era o legítimo proprietário da moto. Eles então fecharam negócio em R$ 7,9 mil.

A vítima fez uma transferência bancária e foi ao cartório, esperar o dono da moto para assinar a compra. Porém, chegando lá, o dono da moto constatou que havia recebido um depósito falso de R$ 10,5 mil, e constatou que tanto ele, quando o comprador, haviam caído em um golpe. A ele, o golpista disse que o comprar era seu sobrinho.

Jornal Midiamax