Polícia

Fugindo para SP, dupla é presa acusada de assassinar homem em rodoviária

Carro usado no crime foi identificado e polícia aguarda transferência dos dois para MS

Danielle Errobidarte Publicado em 15/06/2021, às 14h30

Sidnei foi morto com pelo menos quatro tiros.
Sidnei foi morto com pelo menos quatro tiros. - (Foto: Reprodução/Folha da Cidade)

Dois homens foram presos na noite desta segunda-feira (14), acusados do assassinato de Sidimar Alves de Oliveira, na rodoviária de Nova Alvorada do Sul, cidade a 120 km da Capital, no último sábado (12). Testemunhas identificaram o carro usado pelos criminosos e eles já tinham mandado de prisão temporária expedido.

Segundo o site local Alvorada Informa, a Polícia Civil conseguiu identificar a rota de fuga dos autores e o veículo utilizado no dia do assassinato. Sidimar foi morto a tiros, e câmeras de segurança da rodoviária flagraram o momento em que um dos autores efetua pelo menos quatro disparos contra ele, atingindo cabeça, pescoço e costas da vítima.

Pelas imagens é possível ver quando Sidmar - que está no canto da tela - começa a correr do autor. Este, armado com um revólver, o persegue pelos corredores da rodoviária. Pessoas que estão no local se assustam e tentam se esconder.

Após rastreio do automóvel, os policiais conseguiram chegar até os suspeitos ao verificarem que eles tentavam fugir para o estado de São Paulo. Foi feito contato com as polícias militar e civil do município paulista de Álvares Machado, onde a dupla foi capturada.

Os dois aguardam transferência para Mato Grosso do Sul, e as investigações ainda vão identificar o motivo do crime e o possível mandante. A dupla responderá por homicídio qualificado, com recurso que dificultou a defesa da vítima. A pena pode chegar a trinta anos de reclusão.

Jornal Midiamax