Polícia

Empresa leva multa de R$ 10 mil após 'mentir' sobre total de madeira transportada

Material estava sendo transportado sem documentação legal

Renan Nucci Publicado em 09/05/2021, às 12h16

Madeira apreendida em ação policial
Madeira apreendida em ação policial - Divulgação

Uma empresa foi multada em R$ 10,2 mil pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em razão do transporte de madeira sem documentação legal. O flagrante foi realizada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Bataguassu, município distante 335 quilômetros de Campo Grande, na tarde de sábado.

Conforme nota, durante fiscalização de rotina, os PRFs encontraram a madeira transportada ilegalmente em uma carreta bitrem que seguia de Marcelândia (MT) para Joinville (SC). Por este motivo, foi acionada a PMA, que constatou a presença de madeira nativa serrada.

No entanto, o documento de origem florestal que autorizava o transporte estava vencido. Além disso, a equipe constatou também haver mais madeira do que o declarado. A empresa afirmava ser 34 metros cúbicos, mas havia, na verdade, 37 metros cúbicos, o que também é crime.

O veículo e a madeira foram apreendidos e a empresa responsável, com domicílio jurídico em Marcelândia , foi autuada administrativamente em R$ 10.219,00. Os responsáveis pela empresa ainda poderão responder criminalmente com pena de detenção prevista de seis meses a um ano.

Jornal Midiamax