Polícia

Em nota, soldado da PMMS pede desculpas e diz que deu arma para 'amiga' atirar

Soldado foi afastado e cumpre serviços administrativos

Thatiana Melo Publicado em 02/06/2021, às 11h12

None
(Reprodução)

Após a repercussão de vídeos publicados nos stories de redes sociais de uma jovem, que aparece atirando com uma arma, que havia sido emprestada pelo soldado da PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul), o militar em nota se desculpou pelo ocorrido.

Na nota a defesa, admite que o rapaz 'entregou a arma que trazia consigo' para a amiga atirar em local distante e não habitado. Ele alega que a mulher e uma amiga e não namorada, e que aguarda o resultado do inquérito militar. Ainda de acordo com a nota, o soldado diz que assumas suas responsabilidades, espera que haja compreensão e respeito pelo sincero gesto de pedido de desculpas.

O vídeo que gerou toda a repercussão foi postado pela amiga em uma rede social dela, em que aparece no carro junto do militar transitando pelas ruas da cidade, quando os dois param em um lugar ermo, o que parece ser em frente a um terreno e ela faz um disparo.

Na postagem a jovem ainda coloca depois de fazer o disparo, #primeirotiro. Na legenda ainda pode-se ler, “kkkkk, foi com medo, mas foi”. Em sua rede social, a jovem se intitula solteira.

A Corregedoria da Polícia Militar instaurou um inquérito que deve ter prazo de 40 dias podendo ser prorrogado pelo mesmo tempo. O soldado havia se formado há dois meses e cumpria ainda estágio probatório que é de 3 anos.

Confira na íntegra:

Jornal Midiamax