Polícia

Durante incêndio que destruiu depósito de reciclagem, 20 moradores tiveram que deixar suas casas

Ao verem chamas se aproximarem das residências, proprietários tentaram retirar bens

Danielle Errobidarte Publicado em 12/05/2021, às 16h38

Ao todo foram usados 20 mil litros d'água.
Ao todo foram usados 20 mil litros d'água. - (Foto: Leonardo de França)

Cerca de 20 moradores foram retirados de suas casas durante o incêndio que atingiu um depósito de materiais recicláveis no Jardim Bálsamo, em Campo Grande, na manhã desta quarta-feira (12). A fumaça atingiu cerca de 50 metros de altura.

Policiais militares que atendiam a uma ocorrência no mesmo bairro, próximo ao depósito, se deslocaram até o endereço e acionaram o Corpo de Bombeiros. Contudo, moradores se aglomeraram ao redor do depósito, enquanto outros tentavam retirar materiais e apagar o incêndio.

Sem sucesso, as chamas invadiram as residências ao redor, além da fumaça e calor intenso. Nos imóveis vizinhos, pessoas tentavam retirar seus pertences pessoais antes que o fogo consumisse as casas.

Os policiais retiraram cerca de 20 pessoas, algumas desorientadas. Ao sair do local, eles procuraram uma unidade de saúde, visto que inalaram fumaça ao entrar nas residências atingidas pelo fogo.

Prejuízo de R$ 50 mil

A proprietária do depósito, Marinês de Oliveira de 58 anos disse ao Jornal Midiamax que estima ter perdido em materiais com o incêndio o valor aproximado de R$ 50 mil. No depósito além dos materiais de reciclagem havia também uma prensa e um guindaste. Ela ainda contou que a 18 anos trabalha com reciclagem.

Foram necessários 20 mil litros de água para combater o fogo. As chamas iniciaram por volta das 11h40 da manhã, na Rua Evaristo Ferreira, causadas possivelmente por uma bituca de cigarro jogada no local.

Jornal Midiamax