Polícia

Diarista é presa ao furtar R$ 20 mil de morador do Damha em Campo Grande

Diarista disse que estava devendo R$ 5 mil para agiotas

Thatiana Melo Publicado em 25/05/2021, às 08h36

None
(Ilustrativa)

Foi presa nesta segunda-feira (24), em Campo Grande, uma diarista de 32 anos, que furtou cerca de R$ 20 mil da casa de seu patrão no Residencial Damha II. Ela disse que estava devendo agiotas e por isso furtou o dinheiro da mala que estava guardada no quarto.

O morador disse que desde janeiro após a sua separação voltou a residir com sua mãe no condomínio, e que a diarista já trabalha no local a cerca de 1 ano. O homem contou que há 10 dias quando voltou de um na viagem percebeu que faltava dinheiro em uma maleta que guarda em seu quarto no guarda-roupas, cerca de R$ 12 mil, mas como não tinha como comprovar que era a diarista não registrou a ocorrência.

Segundo ele, apenas sua mãe, a diarista e o homem tingam acesso livres a casa. Ele ainda contou que iria instalar câmeras de segurança no quarto, mas teve de fazer uma nova viagem no dia 19 deste mês não dando tempo, e quando voltou nesta segunda (24) e viu a autora na casa foi direto para seu quarto, quando deu falta de cerca de R$ 8.300.

Ele teria questionado a diarista sobre o dinheiro, mas ela negou momento em que a polícia foi acionada. Os militares questionaram a mulher que negou mais uma vez. Quando foram a sala e voltaram para a lavandeira onde ela estava perceberam que a diarista teria deixado um banheiro e ao revistarem o local encontraram dentro de uma sacola plástica o valor de R$ 8.300, que ela confessou ter furtado.

Na delegacia, a mulher confessou ter furtado também R$ 11.900, e disse que estava devendo agiotas no valor de R$ 5 mil e usou o dinheiro para pagar a dívida e o restante para comprar outras coisas. Ela foi presa por furto e passa por audiência de custódia nesta terça (25).

Jornal Midiamax