Polícia

Denúncia leva polícia a traficante que escondia droga em terreno baldio

Ele vendia cada porção de cocaína a R$ 50

Thatiana Melo Publicado em 15/04/2021, às 07h50

None
(Divulgação PC)

Foram presos na noite desta quarta-feira (14), em Aparecida do Taboado a 457 quilômetros de Campo Grande, dois homens que segundo informações da polícia faziam o comércio de cocaína e crack, mas um deles negou os crimes.

Victor Hugo de Oliveira Ribeiro conhecido como ‘Vitinho’ seria o dono da boca de fumo e usava de vários imóveis e terrenos baldios para esconder a droga, assim, dificultando a localização pela polícia, que prendeu Victor e seu comparsa Valdir da Silva de 49 anos, por volta das 19 horas desta quarta (14).

Valdir era responsável por guardar tanto a cocaína e o crack para ‘Vitinho’, que fazia a comercialização. Victor foi abordado na esquina de uma casa e acabou confessando o crime dizendo que na residência onde morava com seus avós tinha cocaína escondida. Cada porção de cocaína era vendida a R$ 50m e cada porção de crack a R$ 10.

Em um terreno baldio nas imediações, os policiais encontraram mais drogas escondidas em meio a um matagal. Os policiais localizaram, ainda, aproximadamente 1 mil 500 pinos vazios, que seriam utilizados para o comércio de cocaína. Os dois possuem diversas passagens pela polícia. Eles foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e levados para a delegacia.

Jornal Midiamax