Polícia

Chefe acusa funcionária de roubo e caso vai parar na delegacia em Campo Grande

A vítima é funcionária de uma clínica e diz estar sendo perseguida por sua chefe

Anna Gomes Publicado em 07/12/2021, às 18h01

None
Arquivo/ Midiamax

Uma mulher de 40 anos alega ter sido acusada de roubo em uma clínica, localizada na Rua 13 de Maio, no centro de Campo Grande. A vítima é funcionária do local e diz estar sendo perseguida por sua chefe.

Conforme o boletim de ocorrência, a funcionária contou que por volta das 12h de hoje, sua chefe, uma mulher de 59 anos teria a acusado de ter ‘roubado’ um celular da clínica, mas o aparelho teria sido encontrado logo em seguida dentro de uma gaveta.

Ainda de acordo com o registro policial, a vítima deseja representar contra a chefe. O caso foi registrado como calúnia na Depac (Delegacia de Ponto Atendimento Comunitário) do Centro.

Jornal Midiamax