Polícia

Casal é preso em cidade de MS por suspeita de maus-tratos e cárcere privado dos filhos

Denúncia é investigada pela Polícia Civil de Dourados, com o acompanhamento do Conselho Tutelar

Marcos Morandi Publicado em 30/07/2021, às 10h29

Caso foi registrado no plantão da Depac de Dourados
Caso foi registrado no plantão da Depac de Dourados - Marcos Morandi

Um homem, de 27 anos, e a mulher, de 33, foram presos, na noite desta quinta-feira, pela Polícia Militar de Dourados, após denúncias de vizinhos. O casal é suspeito de maus-tratos e cárcere privado dos filhos.

Segundo informações até agora apuradas pela polícia, vizinhos denunciaram que duas crianças, de oito e cinco anos, estavam sofrendo maus-tratos. Em ação conjunta com o Conselho Tutelar, os agentes se deslocaram até a residência, que fica na Aldeia Jaguapiru.

Durante a diligência, os policiais acabaram localizando o casal, que participava de um culto em uma igreja evangélica. Eles contaram que os filhos ficaram trancados em casa para não correrem perigo.

Entretanto, vizinhos relataram aos policiais e também ao Conselho Tutelar, que as crianças eram constantemente maltratadas e que uma delas apresentava queimadura no tórax. 

Questionados sobre o ferimento, os pais disseram que a criança de cinco anos sofreu um acidente doméstico com água quente, ocasionando a queimadura e que acabou provocando uma lesão de 3º grau.

O casal foi conduzido para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados e autuado por cárcere privado e maus-tratos. Já a criança de cinco anos foi encaminhada para atendimento hospitalar.

Jornal Midiamax