Na noite da última quarta-feira (5), Marcos Vinício Bozzana da Fonseca, de 25 anos, foi encontrado morto em um apartamento em Curitiba (PR). O campo-grandense cursava medicina na PUCPR e estava desaparecido.

Conforme as primeiras informações, o corpo de Marcos foi encontrado já em decomposição e com sinais de asfixia. Segundo a Polícia Civil, objetos pessoais da vítima teriam sido levados do apartamento e foram solicitadas as imagens das câmeras de segurança do condomínio.

O prédio onde Marcos morava fica no Bairro Portão. Além de possível latrocínio, a polícia também investiga se há ligação entre a morte do estudante e a de um enfermeiro, de 30 anos, assassinado no dia 30 de abril.

O enfermeiro foi encontrado com as mãos amarradas, de bruços e com sinais de violência também no apartamento em que morava. Os casos são investigados pela DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa).