Polícia

Com suspeita de covid, caminhoneiro é encontrado morto dentro de carreta na BR-163

Homem viajava para buscar minério e entregar em Minas Gerais

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 25/05/2021, às 07h55

Caminhoneiro estava se medicando e viajando pelo Estado, apesar da suspeita
Caminhoneiro estava se medicando e viajando pelo Estado, apesar da suspeita - (Henrique Arakaki, Midiamax)

José Carlos Leite, de 53 anos, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (25), dentro da cabine de seu caminhão nos fundos do bairro Moreninhas, na BR-163 em um posto de combustível. O Corpo de Bombeiros foi chamado para o local e teve de arrombar a porta da carreta. Policiais informaram que ele estava com suspeita de covid. 

Um colega de José, o caminhoneiro Antônio Aparecido, de 49 anos, disse ao Jornal Midiamax que eles saíram nesta segunda-feira (24) de Lucélia em São Paulo chegando a Campo Grande já à noite. “ Eu chamei ele para jantar, mas não quis e dormiu na cabine”, disse o amigo.

Já pela manhã desta terça (25), Antônio disse que ligou seu caminhão para que seguissem viagem até Corumbá onde iriam carregar minérios que seriam levado para Minas Gerais, mas José não acordou. Ele ainda falou que foi até a cabine do caminhão do amigo chamá-lo, mas ele não respondia.

Foi então que acionou os bombeiros que tiveram de quebrar os vidros e arrombar a porta da cabine, que estava trancada. A morte foi constatada por um médico da CCRMSVia. A perícia da Polícia Civil foi chamada.

O amigo de José disse que ele estava doente, com resfriado e tomando remédios, mas não se sabe se a vítima tinha outros problemas de saúde. Segundo investigação da 5ª Delegacia de Polícia, que atendeu a ocorrência, o homem estava com suspeita de covid. 

Jornal Midiamax