Polícia

Borracheiro ateia fogo em mata próxima a córrego ‘como protesto’ por não ter calçada

Autor argumentou que passa pelo local diariamente para ir até o trabalho

Danielle Errobidarte Publicado em 05/05/2021, às 17h35

None
(Foto: Ilustrativa)

“Em forma de protesto”, um borracheiro de 42 anos ateou fogo em gramíneas cortadas na Rua Frei Antônio, em Dourados, distante 225 km da Capital. O fogo se espalhou pela mata ciliar de um córrego e o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para conter as chamas.

Ao ser preso pela Guarda Municipal de Dourados, o borracheiro argumentou que passa todos os dias pelo local e não tem calçada. O autor confessou o crime de provocar incêndio em mata, e disse estar morando temporariamente em um abrigo na região.

Ele foi preso e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Dourados.

Jornal Midiamax