Polícia

Grávida é arrastada para matagal durante caminhada e implora para não ser estuprada

Homem fingiu estar fazendo caminhada quando surpreendeu vítima a agredindo com socos

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 17/06/2021, às 08h37 - Atualizado às 08h37

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Uma grávida de 5 meses viveu momentos de terror na noite desta quarta-feira (16), quando foi agredida a socos e arrastada para um matagal por um homem que tentou estuprá-la. Ela implorou para que ele não cometesse o crime, já que a gestação era de risco.

Informações passadas pela delegada Joilce Ramos da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) são de que o homem temo mesmo modos operandi, que estava bem-vestido, com roupas de caminhada, tênis caro e fingindo estar correndo. 

Ele passou pela vítima várias vezes e aproveitando que ficaram sozinhos caminhando a abordou e neste momento desferiu um soco no seu rosto a arrastando para o meio do matagal pelos cabelos. O autor passou a tirar as roupas da grávida, que começou a chorar.

A mulher implorou para que ele não cometesse o crime, já que sua gravidez era e risco e ela poderia perder o bebê. Depois de muito implorar pela vida, o autor a deixou e fugiu. Segundo a vítima, o homem tinha preservativos e fisicamente aparentava ter 1,75 de altura, cabelos pretos e curtos, pele clara e não tinha nem barba e nem bigodes.

A delegada faz um alerta para que as mulheres que praticam exercícios ao livre, que estejam acompanhadas evitando irem sozinhas. 

Jornal Midiamax