Polícia

Avó descobre agressões do padrasto e desnutrição de netos ao visitar filha em MS

Durante visita, neta mais velha contou que padrasto agrediu irmão e a idosa percebeu hematoma no olho do garoto

Danielle Errobidarte Publicado em 05/05/2021, às 14h42

None
(Foto: Ilustrativa)

Avó, de 64 anos, descobriu nesta quarta-feira (5) que os netos de 3 e 6 anos sofriam agressões do padrasto e estavam desnutridos, ao visitar a filha na cidade de Dourados, distante 225 km da Capital. Ela teria ido levar mantimentos para o casal ao saber que eles tinham dificuldades financeiras.

Conforme o registro policial, a idosa relatou que as crianças moravam com ela “pois sua filha não tem boa condição mental”. Há dois meses a mãe insistiu para morar novamente com os filhos, e teria levado para a casa onde vive com o atual companheiro.

A avó, ao ficar sabendo que os netos estavam passando por necessidades, decidiu levar mantimentos, e teria percebido que as crianças estavam desnutridas, e um hematoma no olho do menino de 3 anos. Perguntado à filha, ela teria respondido que o garoto havia caído, mas a avó não acreditou.

Então, a idosa resolveu questionar a neta mais velha, de 6 anos, que confessou que o irmão teria apanhado do padrasto. O padrasto teria ameaçado a menina para que ela não contasse o ocorrido, e mandado a garota dizer que ela é quem havia derrubado o irmão. O motivo da agressão seria o menino "estar fazendo bagunça". A avó decidiu levar as crianças de volta para sua residência.

Ainda segundo a idosa, na manhã desta quarta-feira (5), a filha, acompanhada da sogra, teriam invadido a casa e levado as crianças embora, aos prantos. Ela relatou que a mulher já havia sofrido violência doméstica e tinha medida protetiva contra o marido, mas decidiu reatar o relacionamento. O caso foi registrado como lesão corporal.

Jornal Midiamax