Polícia

Após ser estuprada por 8 anos, jovem toma coragem para denunciar padrasto

Jovem fez a denúncia com medo que a irmã de 12 anos também seja estuprada pelo idoso

Thatiana Melo Publicado em 01/12/2021, às 06h44

None
(Ilustrativa)

Após anos sendo estuprada pelo padrasto, que atualmente está com 60 anos, uma jovem resolveu denunciar o homem com medo que a irmã de 12 anos sofra os mesmos abusos que passou, em cidade de Mato Grosso do Sul. 

A denúncia do caso foi feita pela madrasta da jovem, que atualmente está casada. A vítima relatou que passou a ser estuprada pelo padrasto quando tinha 7 anos, sendo que os abusos perpetraram até quando ela tinha 13 anos.

Ela resolveu denunciar o padrasto só agora, segundo o site Sidrolândia News, com medo que a irmã de 12 anos também seja abusada pelo homem, já que a adolescente mora na mesma casa que o autor.

O caso foi relatado ao Conselho Tutelar que a orientou a registrar um boletim de ocorrência. O caso está sem segredo de Justiça.

Jornal Midiamax