Polícia

Após briga por mensagem em celular, ex-marido aponta arma para mulher na frente da sogra e é preso

Vítima diz ter sido perseguida pelas ruas e forçada a entrar no carro de ex-marido

Danielle Errobidarte e Dayene Paz Publicado em 11/06/2021, às 16h20

Homem foi preso e encaminhado para a Deam.
Homem foi preso e encaminhado para a Deam. - (Foto: Henrique Arakaki / Arquivo Midiamax)

Mulher, de 38 anos, foi perseguida pelo ex-marido e forçada a entrar dentro do carro, com arma apontada para sua cabeça, no Bairro Rancho Alegre 3, na Capital. Após ela se recusar a desbloquear o celular, afirma que teve o aparelho quebrado.

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender uma vítima de violência doméstica no Bairro Rancho Alegre 3. Ela afirmou ter discutido com o ex-marido e seguido para a casa de sua avó, quando o autor a encontrou pelo caminho e, com uma arma em punho, teria dito para que ela entrasse no Chevrolet Montana que dirigia.

Ele decidiu seguir até a casa da mãe da vítima e feito ameaças de morte durante o trajeto. Acho chegar lá, o homem teria sacado a arma de sua cintura e questionado à ex-sogra“quer que eu mate ela?”. Na sequência, disse que não queria ver a esposa mais pela frente, caso contrário iria mata-la.

Ainda com a arma em mãos, os dois continuaram discutindo por causa de uma foto que estaria no celular dela. Quando a mulher negou-se a desbloquear o aparelho, o autor teria jogado o celular ao chão e quebrado.

Os policiais encontraram o suspeito na residência de seu pai, mas a arma não foi localizada. O homem foi preso por ameaça e violência doméstica, e encaminhado para a DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Jornal Midiamax