Polícia

Após 3 anos, mulher denuncia ex-marido que a dopou e a estuprou enquanto dormia

Na época dos fatos, a vítima estava casada com o homem que disse que ela tinha ‘obrigações de esposa’

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 01/06/2021, às 09h41

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Após 3 anos, uma mulher de 48 anos procurou a Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) para denunciar o ex-marido de 65 anos por tê-la estuprado ainda quando eram casados em 2018. Ele a dopou com remédios para cometer o crime.

Em depoimento na delegacia, a vítima conto nesta segunda-feira (31) que em fevereiro de 2018 teve uma crise de labirintite sendo levada para uma unidade de saúde onde foi medicada e liberada. Ao chegar em casa, o autor que na época ainda era marido dela a fez tomar vários remédios fazendo com que adormecesse.

Quando acordou, a mulher percebeu que estava nua e sentia dores no ânus que também estava sangrando. Ao questionar o homem o que havia acontecido, ele teria respondido que enquanto ela fosse casada teria de ‘cumprir com as suas obrigações de esposa e fazer sempre o que ele quisesse”.

O casal se separou e a mulher ainda relatou que sente dores até hoje no ânus depois do estupro. Ela disse não se recordar sobre o que aconteceu no dia. Serão feitos exames de corpo de delito e o caso segue em investigação.

Jornal Midiamax