Polícia

Apaixonado: Rapaz furta objetos em presídio para ser preso e reencontrar marido

Jovem não estava sendo autorizado a entrar no local de forma 'legal'

Fábio Oruê Publicado em 16/05/2021, às 17h38

Homem cometeu o crime em nome do amor
Homem cometeu o crime em nome do amor - Foto: Dourados News

Um rapaz de 29 anos foi preso em flagrante suspeito de furto na tarde deste domingo (16) em Dourados. Acontece que ele cometeu o crime de propósito para ser detido e reencontrar o marido. 

“Eu quero voltar pra a prisão e ficar com meu marido lá dentro. Quero ficar com meu esposo, não quero ficar na rua não. Quero ficar com ele. Amo muito ele. Cleiton se você estiver me ouvindo, te amo demais. Eu fiz de propósito. Ninguém quis me colocar pra dentro eu tive que dar um jeito né!”, disse ele em entrevista ao site Dourados News, no pátio da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

O suspeito contou que se dirigiu à PED (Penitenciária Estadual de Dourados) onde tentou por algumas vezes entrar no local. Não tendo sido autorizado, ele resolveu então furtar panelas e produtos de limpeza que estavam em um depósito externo e pertenciam a um detento, com valor estimado em aproximadamente R$ 400.

Ele foi detido em flagrante por policiais penais. O rapaz estava em liberdade condicional após uma condenação por tráfico de drogas, que o levou a cumprir pena na penitenciária, onde conheceu o marido, identificado por ele apenas como ‘Cleiton’, com quem teria um relacionamento de quatro anos.

“Bateu saudade, fui lá e bati quatro vezes no portão [da PED] e o pessoal não me deixou entrar. Queria entrar de qualquer jeito, mas não deixaram. Aí eu fui lá, peguei uns objetos, coloquei na frente da câmera só pro pessoal me pegar mesmo, porque eu queria voltar para a prisão. Eu quero ficar com ele”, declarou o romântico.

Jornal Midiamax