Polícia

Ao dar carona, amigo tortura e estupra jovem de 20 anos em MS

Rapaz tem várias denúncias sobre o mesmo modo de agir

Thatiana Melo Publicado em 09/09/2021, às 10h27

None
(Ilustrativa)

Na saída de uma festa em uma cidade de Mato Grosso do Sul, uma jovem de 20 anos acabou torturada e estuprada pelo amigo de 25 anos. A vítima teve de procurar ajuda médica após ficar com várias lesões devido ao abuso que sofreu.

O crime aconteceu em agosto deste ano e o MPMS (Ministério Público Estadual) recebeu a denúncia no dia 2 de setembro. O autor está encarcerado em um presídio e ainda deve ser citado pela Justiça. O crime foi classificado como estupro de vulnerável porque a jovem estava embriagada sem ter como se defender do autor.

Segundo consta na denúncia, o crime aconteceu entre as 4h30 e 6 horas da manhã do dia 8 de agosto, quando o autor ofereceu carona para a amiga após eles terem ido a uma festa na companhia de outras pessoas. Os dois eram amigos de longa data.

Na festa, o rapaz passou a dar investidas na vítima de maneira acintosa, tentando agarrá-la e passando as mãos nas nádegas da amiga, mesmo quando ela se esquivava e pedia para que parasse. Ao saírem do local, ele deu carona para a vítima que teria ainda sofrido apagões e desmaios dentro do carro do amigo.

Já na casa da jovem, o rapaz a levou para o quarto, a despiu e a estuprou. Durante o estupro, a vítima disse que pedia para que ele parasse, mas o autor continuou com o crime. Ao acordar no dia seguinte, a jovem estava sentindo muitas dores e procurou um médico, que constatou vários ferimentos em seus órgãos genitais. Segundo o exame médico, as lesões foram decorrentes de estupro e tortura.

Consta, ainda, que segundo apurado o autor é contumaz em práticas ilícitas desta natureza, utilizando-se do mesmo modus operandi contra vítimas que se encontram sob efeito de álcool.

Jornal Midiamax