Polícia

Agrotóxicos e cigarros contrabandeados são apreendidos em Nioaque após denúncia anônima

Dois veículos foram recuperados e um homem preso

Fábio Oruê Publicado em 15/07/2021, às 21h15

Houve perseguição aos carros com o contrabando
Houve perseguição aos carros com o contrabando - Foto: Divulgação/ PRF

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu 35 mil maços de cigarros contrabandeados, 100 kg de agrotóxicos e recuperou dois veículos, nesta quinta-feira (15), em Nioaque.

De acordo com informações da PRF, a equipe de policiais recebeu uma denúncia anônima de que três veículos estariam deslocando-se em velocidade alta em uma estrada vicinal, em direção a BR-419.

Ao averiguar a denúncia, os policiais localizaram os veículos Chevrolet Prisma, Renault Oroch e Chevrolet Spin, dando ordem de parada a eles. Porém, nenhum dos condutores obedeceram a ordem e começaram a fugir.

Durante a perseguição na saída da estrada vicinal, o suspeito da Spin abandonou o veículo, entrando em uma mata. No interior do veículo, foram encontrados cigarros, agrotóxicos e um rádio-comunicador.

Já o outro veículo, Oroch, após a abordagem do Spin, foi localizado abandonado também com maços de cigarro. Ao todo, foram apreendidos 35 mil maços.

O terceiro veículo, Prisma, foi localizado e o suspeito detido. O homem, de 42 anos, disse que realizava o serviço de batedor da carga. Segundo ele, as mercadorias contrabandeadas iriam para Mato Grosso e receberia R$ 1,5 mil pelo serviço ilegal. No veículo dele, foi localizado um rádio-comunicador.

Foram realizadas diligências para localizar os dois suspeitos foragidos, mas eles não foram encontrados. Os PRFs constataram ainda que o veículo Spin possuía registro de roubo desde fevereiro em São Paulo (SP), e o Oroch registro de estelionato na mesma cidade.

O homem detido, os veículos e a carga apreendida foram encaminhados para a Polícia Federal de Campo Grande.

Jornal Midiamax