Polícia

Agente de saúde vítima de atentado em oficina mecânica morre no hospital

Ela foi atingida por ao menos três tiros

Diego Alves e Marcos Morandi Publicado em 29/11/2021, às 20h42

Ela foi atingida por pelo menos três tiros (arquivo pessoal)
Ela foi atingida por pelo menos três tiros (arquivo pessoal)

Vanda de Araújo Sanabria de 45 anos, que sofreu atentado a tiros em uma oficina mecânica em Ponta Porã, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande, morreu no Hospital Regional da cidade nesta segunda-feira (29). O crime aconteceu em uma oficina na Vila Áurea, durante a tarde de hoje.

Vanda foi socorrida em estado gravíssimo pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ao Hospital Regional, onde morreu durante cirurgia. Ela foi atingida por ao menos três tiros.

Populares disseram que a mulher esperava reparo de seu carro, momento em que o autor entrou na oficina e efetuou quatro disparos contra ela. Vanda então foi socorrida pelo Samu, porém morreu após dar entrada no hospital. O autor estava com camiseta branca, calça jeans e usava uma moto preta. Ele fugiu logo após o crime. A Polícia Civil já investiga o caso.

Jornal Midiamax