Polícia

Advogado é denunciado por lucrar R$ 130 mil na venda irregular de terreno de espolio

Ele havia sido contratado para representar uma família em processo de inventário

Denúncia foi oferecida pelo MPMS
Denúncia foi oferecida pelo MPMS - Divulgação

Advogado da cidade de Bonito, a 300 quilômetros de Campo Grande, está sendo processado pela suposta venda irregular de um terreno de espolio. Conforme denúncia do MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), ele teria obtido para si lucro de aproximadamente R$ 130 mil com a negociação. O processo de estelionato tramita na 1ª Vara da comarca.

Consta nos autos que em março de 2015, ele foi constituído como representante de uma família em um processo de inventário. Na ocasião, aproveitando-se dos poderes adquiridos, foi até o cartório da cidade,onde teria alienado um terreno pertencente ao processo do inventário. O comprador acreditava que estava fazendo um negócio legal, mas acabou ficando no prejuízo.

“Ressalta-se esse fato, que é: mesmo que ainda fosse procurador dos herdeiros, a procuração outorgada ao denunciado não dava poderes para que ele alienasse os bens do espólio”, lê-se na denúncia do MPMS. Em sua defesa prévia, o advogado recorreu pedindo a absolvição sumária, tendo em vista não haver provas dos atos praticados por ele.

Jornal Midiamax