Polícia

Acusado de participar de homicídio há 6 anos é preso com pistola que comprou por R$ 10 mil

Ele alega que comprou a arma para se defender

Renata Portela Publicado em 02/05/2021, às 06h41

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

No fim da tarde de sábado (1º), rapaz de 21 anos foi preso em flagrante com uma pistola calibre 9mm na região do Portal Caiobá. Acusado de participar de um homicídio quando adolescente, ele alega que comprou a arma para se defender, porque está sendo ameaçado de morte.

Conforme o boletim de ocorrência, equipe do Batalhão de Choque abordou o Ford Fusion na Rua Ilha de Marajó, conduzido pelo rapaz. Questionado se tinha algo ilícito no carro, ele confessou que tinha uma arma de fogo no porta-luvas, onde a pistola com um carregador, com 11 munições, foi encontrada.

O rapaz então disse que estava sendo ameaçado de morte e por isso andava armado. Além disso, revelou que pagou R$ 10 mil na arma e que tinha outro carregador em casa. Os militares foram ao local e apreenderam o carregador alongado com capacidade para 31 munições, com 9 munições.

O rapaz acabou preso em flagrante e, durante a confecção do boletim do ocorrência sofreu um ataque epilético, sendo encaminhado ao posto de saúde, mas liberado em seguida para retornar para a cela da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol. Ele já foi preso em 2019 por tráfico de drogas e, em 2015, quando ainda era adolescente, teria participado de um homicídio em Campo Grande.

Jornal Midiamax