Polícia

Acusado de matar padrasto esfaqueado se apresenta e presta depoimento

Ele foi ouvido e liberado

Renata Portela Publicado em 08/09/2021, às 14h28

Jovem foi ouvido na delegacia
Jovem foi ouvido na delegacia - (Divulgação, PMMS)

Na manhã desta quarta-feira (8), jovem de 18 anos, acusado do assassinato do padrasto, Anderson Ramos da Cruz, de 33 anos, se apresentou na delegacia de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. Ele prestou depoimento e confessou o crime.

Segundo a polícia, o jovem foi ouvido na delegacia e liberado, já que não configurava mais o flagrante. Acusado da morte do padrasto, ele alegou ter agido em legítima defesa. Anderson foi morto a facadas na madrugada do último domingo (5).

A princípio, a informação era de que padrasto e enteado tiveram uma discussão, quando Anderson teria se armado com um pedaço de pau e o enteado com uma faca. Os dois entraram em luta corporal, momento em que o jovem esfaqueou o padrasto duas vezes.

Anderson não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Polícia Militar, além de Polícia Civil e Perícia estiveram no local. A faca foi encontrada, mas o jovem fugiu

Jornal Midiamax