Polícia

Mulher é arrastada para matagal e estuprada sob ameaça com facão

A Polícia Civil de Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande, investiga estupro ocorrido contra uma mulher de 29 anos na madrugada de terça-feira (12), enquanto ela voltava sozinha para a casa depois de fazer uma consulta médica. O suspeito ameaçou a vítima com facão, bateu nela e depois fugiu, abandonando uma bicicleta furtada. Informações […]

Renan Nucci Publicado em 14/05/2020, às 13h38 - Atualizado às 17h36

Filho foi encaminhado à delegacia (Foto ilustrativa)
Filho foi encaminhado à delegacia (Foto ilustrativa) - Filho foi encaminhado à delegacia (Foto ilustrativa)

A Polícia Civil de Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande, investiga estupro ocorrido contra uma mulher de 29 anos na madrugada de terça-feira (12), enquanto ela voltava sozinha para a casa depois de fazer uma consulta médica. O suspeito ameaçou a vítima com facão, bateu nela e depois fugiu, abandonando uma bicicleta furtada.

Informações apontam que a vítima saiu de casa por volta das 02h30 da manhã, depois de sentir fortes dores abdominais e foi procurar atendimento médico. Ela foi diagnosticada, medicada e voltou para a casa, no entanto, no caminho foi abordada pelo desconhecido que estava em uma área escura de mato, no Jardim Campanário.

Usando um facão, ele a ameaçou e arrastou para o mato, dizendo que iria violentá-la. A vítima reagiu e derrubou o facão dele, ocasião em que o homem passou a agredi-la com socos no rosto e começou a beijá-la à força e a tocá-la. Porém, a vítima voltou a entrar em luta corporal e fez com que ele desistisse de continuar com os abusos.

O autor fugiu e a mulher correu para a casa, para pedir ajuda ao marido. Ele saiu em busca do suspeito e conseguiu localizá-lo nas imediações, mas ele fugiu depois de abandonar uma bicicleta furtada. A Polícia Militar foi acionada mas não o encontrou. O facão usou foi apreendido e o caso é investigado.

Jornal Midiamax