Testagem em massa realizada nos últimos cinco dias no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande) e na Gameleira identificou 49 casos positivos de coronavírus (Covid-19) entre internos. O procedimento faz parte de protocolo de contingência do sistema prisional de Mato Grosso do Sul,  do Centro de Operações de Emergência da SES (Secretaria de Estado de Saúde), adotado pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário). Dá apoio a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

De acordo com a Agepen, a cada caso constatado, todos os internos que tiveram contato estão sendo testados. No IPCG já constatados 37 casos. O estabelecimento prisional abriga cerca de 1500 custodiados. Da mesma forma, testes estão sendo aplicados na unidade de regime semiaberto da Gameleira, com 12 casos identificados entre os mil internos até o momento.

Em ambas unidades, não foi constatado nenhum caso grave, todos estão com sintomas leves ou assintomáticos. A separação necessária dos casos positivos já foi realizada, inclusive sendo observadas as situações de internos considerados “seguros”. Todos estão recebendo acompanhamento de saúde. 

Conforme orientação do Comitê responsável por gerir e acompanhar as medidas de enfrentamento à Covid-19 nas unidades prisionais da Agepen, os familiares dos internos constatados estão sendo informados pelas equipes de serviço social dos presídios.