Na tarde de terça-feira (21), homem de 47 anos se apresentou à polícia em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Ele confessou ter assassinado o genro a tiros, Adriano Ferreira de Souza, de 40 anos, na noite do último sábado (18).

Assim, o homem fez o relato na 2ª Delegacia de Polícia Civil do município e confessou ser o autor dos disparos. Ele estava acompanhado de duas advogadas, mas não quiseram dar detalhes sobre o caso.

Ainda conforme o site JP News, a esposa do suspeito também o acompanhava na delegacia. Como não o crime não configurava flagrante e nem havia ainda contra ele mandado de prisão em aberto, ele foi liberado após ser ouvido.

Relembre o caso

Na noite de sábado, Adriano foi encontrado caído na rua com várias perfurações pelo corpo. Ao todo foram 7 perfurações, de entrada e saída dos tiros, e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado.

Quando a equipe socorrista chegou, constatou o óbito da vítima. Também foram ao local Polícia Civil e Militar e Perícia e testemunhas apontaram o sogro de Adriano como autor do crime. Além disso, chegaram a relatar que Adriano teria agredido a esposa e, por isso, o sogro atirou contra ele.