Polícia

Suspeito de castrar o próprio cachorro em casa com estilete é detido em cidade de MS

Na terça-feira (22), homem de 31 anos foi detido em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, acusado de exercício ilegal da profissão. Ele teria castrado o próprio cachorro, em casa, utilizando materiais que tinha como um estilete e acabou denunciado. Conforme o registro policial, a denúncia que chegou até a equipe da Polícia […]

Renata Portela Publicado em 23/12/2020, às 06h17 - Atualizado às 09h44

Homem argumentou que já tinha experiência em castração. (Foto: Divulgação)
Homem argumentou que já tinha experiência em castração. (Foto: Divulgação) - Homem argumentou que já tinha experiência em castração. (Foto: Divulgação)

Na terça-feira (22), homem de 31 anos foi detido em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, acusado de exercício ilegal da profissão. Ele teria castrado o próprio cachorro, em casa, utilizando materiais que tinha como um estilete e acabou denunciado.

Conforme o registro policial, a denúncia que chegou até a equipe da Polícia Militar foi a de maus-tratos. Assim, os militares foram até a casa do suspeito, que revelou ter castrado o próprio cachorro. Ele contou que foi até uma loja no Paraguai na segunda-feira (21), comprou os medicamentos e fez o procedimento na terça-feira de manhã.

Ele também revelou que já tinha feito castração em fazendas, por isso tinha conhecimento. Além disso, cursou dois anos de veterinária no Paraguai. Por fim, o homem contou que só castrou o próprio cachorro porque ele estava ficando muito agitado com outros animais e tentava sair de casa, além de atacar outros cachorros.

Os policiais identificaram que o animal ainda estava sedado, medicado e a princípio bem cuidado. Com isso o caso não configurou maus-tratos, mas o homem responderá por exercício ilegal da profissão ou atividade.

Jornal Midiamax