Polícia

Recuperado da Covid-19, idoso sente falta de ar em casa e morre a caminho de UPA

Idoso de 89 anos, identificado como Elpídio da Silva, morreu na manhã deste sábado (29), a princípio por complicações e possível sequela após ter contraído o coronavírus. Ele chegou a ficar internado, mas se recuperou e teve alta há aproximadamente duas semanas. Conforme as primeiras informações, Elpídio testou positivo para a Covid-19 há pouco mais […]

Renata Portela Publicado em 29/08/2020, às 16h48

UPA Santa Mônica, na região oeste de Campo Grande (Foto: Arquivo)
UPA Santa Mônica, na região oeste de Campo Grande (Foto: Arquivo) - UPA Santa Mônica, na região oeste de Campo Grande (Foto: Arquivo)

Idoso de 89 anos, identificado como Elpídio da Silva, morreu na manhã deste sábado (29), a princípio por complicações e possível sequela após ter contraído o coronavírus. Ele chegou a ficar internado, mas se recuperou e teve alta há aproximadamente duas semanas.

Conforme as primeiras informações, Elpídio testou positivo para a Covid-19 há pouco mais de 30 dias, então foi internado no Hospital Regional. Assim, ficou por aproximadamente 14 dias em observação e teve alta médica, retornando para casa.

Porém, ele começou a apresentar problemas respiratórios, possivelmente sequela causada pelo coronavírus. Já na manhã deste sábado, por volta das 9 horas, o idoso estava com muita dificuldade para respirar e foi levado por familiares para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Mônica.

No entanto, no caminho o idoso desmaiou. Mesmo assim, quando chegou na UPA foi realizado procedimento de reanimação por aproximadamente 50 minutos, mas a vítima não resistiu. Com isso, o caso é tratado pela Polícia Civil como morte natural.

Jornal Midiamax