Polícia

Polícia Ambiental autua campo-grandense em R$ 7,7 mil por desmatamento ilegal

Proprietária de uma fazenda localizada em São Gabriel do Oeste realizou um desmatamento sem a licença ambiental, entre os meses de março e novembro de 2017. Ela foi autuada neste sábado (08) no final da tarde por policiais militares ambientais daquele município. A autuação aconteceu durante fiscalização na propriedade rural, na região do Areado, onde […]

Diego Alves Publicado em 09/02/2020, às 16h24 - Atualizado em 10/02/2020, às 07h46

Divulgação WhatsApp
Divulgação WhatsApp - Divulgação WhatsApp

Proprietária de uma fazenda localizada em São Gabriel do Oeste realizou um desmatamento sem a licença ambiental, entre os meses de março e novembro de 2017. Ela foi autuada neste sábado (08) no final da tarde por policiais militares ambientais daquele município.

A autuação aconteceu durante fiscalização na propriedade rural, na região do Areado, onde foi conferido o desmatamento ilegal de 7,68 hectares de vegetação nativa do bioma cerrado.

A infração foi detectada por imagem de satélite. A área já estava com plantio de pastagem e criação de gado bovino. Havia parte da madeira proveniente da vegetação desmatada em alguns pontos em meio à pastagem. As atividades foram interditadas.

A infratora, moradora de Campo Grande, foi autuada administrativamente pelo desmatamento e foi multada em R$ 7,6 mil. Ela também responderá por crime ambiental com pena de três a seis meses de detenção. A autuada ainda foi notificada a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada junto ao órgão ambiental estadual.

Jornal Midiamax