OAB-MS suspende advogado suspeito de pedofilia em MS

O Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB-MS), suspendeu os direitos de atuação de um advogado recentemente preso em flagrante por estupro de vulneráveis em Anastácio. Sob a relatoria do Advogado Carlos José Reis de Almeida, o Tribunal de Ética e Disciplina, ao analisar o […]
| 19/12/2020
- 02:49
OAB-MS suspende advogado suspeito de pedofilia em MS
Material apreendido pela polícia no carro do advogado (Divulgação PC) - Material apreendido pela polícia no carro do advogado (Divulgação PC)

O Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB-MS), suspendeu os direitos de atuação de um advogado recentemente preso em flagrante por estupro de vulneráveis em Anastácio.

Sob a relatoria do Advogado Carlos José Reis de Almeida, o Tribunal de Ética e Disciplina, ao analisar o caso entendeu que houve grave repercussão à dignidade da advocacia e suspendeu o advogado por 90 dias, prazo este que o processo ético deverá ser concluído.

O advogado foi preso no dia 24 do mês passado em Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande, após ser flagrado com adolescentes dentro de sua camionete em um esquema de . Uma das meninas teria 12 anos. Os pais das adolescentes também foram levados para a delegacia.

A investigação já corria há alguns meses depois da suspeita de que o advogado estuprava adolescentes em motéis na cidade. A própria delegada Joilce Ramos acabou avistando a camionete do suspeito na saída da cidade, que fica nas proximidades de um .

Foi chamado reforço e ele abordado. Na camionete estavam três adolescentes que estavam ingerindo bebidas alcoólicas junto do advogado dentro do carro. No veículo também foram encontradas caixas com camisinhas e estimulantes sexuais. Ele disse durante a abordagem que estava levando as meninas para lancharem com a autorização dos pais.

Veja também

A pista da rodovia foi parcialmente interditada e o fluxo controlado pela concessionária responsável

Últimas notícias