Marido matou companheira por ciúmes após suspeitar de conversas no celular, diz polícia

O homem de 77 anos, acusado de matar a esposa Luzia Rodrigues Bittencourt, de 68 anos, com golpes de facão na cabeça, teria agido por ciúmes após ver a mulher manipulando o celular, conforme apurou as investigações da Polícia Civil, que deve encerrar o inquérito ainda esta semana. O crime ocorreu na cidade de Nova […]
| 15/12/2020
- 15:51
Marido matou companheira por ciúmes após suspeitar de conversas no celular, diz polícia
Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu às agressões. Foto: Divulgação - Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu às agressões. Foto: Divulgação

O homem de 77 anos, acusado de matar a esposa Luzia Rodrigues Bittencourt, de 68 anos, com golpes de facão na cabeça, teria agido por ciúmes após ver a mulher manipulando o celular, conforme apurou as investigações da Polícia Civil, que deve encerrar o inquérito ainda esta semana. O crime ocorreu na cidade de Nova Andradina, a 290 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a delegada Daniella de Oliveira Nunes Leite, titular da Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher), nesta terça-feira (15) a última testemunha deve ser ouvida. “Depois, encaminharei o inquérito ao Poder Judiciário”, confirmou a delegada. O marido será indiciado pelo crime de feminicídio.

Daniella destacou que o acusado não foi ouvido em juízo e preferiu permanecer calado. No entanto, a investigação apontou que ele teria agido por ciúmes, após ver a esposa manipulando o celular. “Teria ficado com ciúmes, acreditando que ela pudesse estar conversando com alguém, quando discutiram”, informou.

Após isso, o homem teria desferido golpes de facão na cabeça da vítima. A Polícia Civil ainda informou que o casal não tinha histórico de violência doméstica, muito menos de brigas. A polícia ainda aguarda resultados de laudos como do local do crime, da faca e necroscópico.

Nesta segunda-feira (14) a em flagrante do homem foi convertida para preventiva. Ele permanece preso.

O caso

O crime ocorreu na madrugada deste domingo (13). O homem atingiu a vítima com golpes de facão na cabeça. O homem foi contido pelo próprio filho, que ainda tentou chamar o socorro para a mãe, mas sem tempo. O homem foi preso em seguida pela .

Veja também

Passageiro alega que pediu ao motorista que parasse o carro para ele urinar

Últimas notícias