Polícia

Imagens de satélite expõem à polícia desmatamento em área de vegetação nativa

Usando imagens de satélite, a PMA (Polícia Militar Ambiental) conseguiu descobrir exploração ilegal de madeira na zona rural de Porto Murtinho, a 454 quilômetros de Campo Grande. Ao todo, uma área de vegetação nativa com 46,70 hectares foi destruída, com base em medidas conferidas por meio de GPS. O infrator de 57 anos, residente em […]

Renan Nucci Publicado em 16/07/2020, às 17h57

Policiais no local de desmatamento. Foto: Divulgação
Policiais no local de desmatamento. Foto: Divulgação - Policiais no local de desmatamento. Foto: Divulgação

Usando imagens de satélite, a PMA (Polícia Militar Ambiental) conseguiu descobrir exploração ilegal de madeira na zona rural de Porto Murtinho, a 454 quilômetros de Campo Grande. Ao todo, uma área de vegetação nativa com 46,70 hectares foi destruída, com base em medidas conferidas por meio de GPS.

O infrator de 57 anos, residente em Jardim, suprimiu a vegetação há algum tempo e não tinha autorização ambiental para a atividade. Grande parte da madeira proveniente do desmatamento ainda estava na área e vegetação foi retirada para implantação de pastagem. Ele foi autuado e recebeu multa administrativa de R$ 14,1 mil.

O autuado também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. Além disso, ele foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada junto ao órgão ambiental estadual.

Jornal Midiamax