Polícia

‘Queria ter matado’, diz a policiais preso por esfaquear vizinho em Campo Grande

Na noite desta terça-feira (4), um homem de 41 anos foi preso e levado para a delegacia de polícia de Campo Grande, depois de tentar matar o vizinho de 48 anos com golpes de facão, no bairro Monte Castelo. A vítima teve um corte profundo na mão, e pode perder dois dedos por causa do […]

Thatiana Melo Publicado em 05/02/2020, às 06h28 - Atualizado às 07h38

Vítima usou facão para se defender. (Ilustrativa)
Vítima usou facão para se defender. (Ilustrativa) - Vítima usou facão para se defender. (Ilustrativa)

Na noite desta terça-feira (4), um homem de 41 anos foi preso e levado para a delegacia de polícia de Campo Grande, depois de tentar matar o vizinho de 48 anos com golpes de facão, no bairro Monte Castelo.

A vítima teve um corte profundo na mão, e pode perder dois dedos por causa do grave ferimento depois de ser atingido por um facão, na noite desta terça (4) por volta das 20 horas após brigar com seu vizinho. O homem foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino.

A polícia foi chamada e encontrou o suspeito, que logo que viu os militares perguntou, “ele morreu? Eu queria ter matado ele”. O autor confessou o crime e disse que era para acertar o pescoço da vítima, mas ela colocou a mão na frente para se defender dos golpes.

O facão usado para o crime foi encontrado ainda com sangue, no quintal da casa do autor, que foi levado para a delegacia e autuado por homicídio na forma tentada. Não há informações sobre os motivos da briga, que acabou no crime.

Jornal Midiamax