Polícia

Enfermeira chama polícia para paciente que não queria usar máscara no posto de saúde

A recusa de colocar a máscara em locais públicos acabou virando caso de polícia, na cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, quando um homem de 41 anos acabou detido e levado para a delegacia. Ele ainda teria xingado uma enfermeira na unidade. A enfermeira foi quem chamou a polícia depois do […]

Thatiana Melo Publicado em 02/06/2020, às 06h08 - Atualizado em 03/06/2020, às 08h37

Homem tinha ido na última sexta ao posto e se recusado a colocar a máscara (Ilustrativa)
Homem tinha ido na última sexta ao posto e se recusado a colocar a máscara (Ilustrativa) - Homem tinha ido na última sexta ao posto e se recusado a colocar a máscara (Ilustrativa)

A recusa de colocar a máscara em locais públicos acabou virando caso de polícia, na cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, quando um homem de 41 anos acabou detido e levado para a delegacia. Ele ainda teria xingado uma enfermeira na unidade.

A enfermeira foi quem chamou a polícia depois do homem que estava na unidade de saúde se recusar a colocar uma máscara. Na cidade existe um decreto em que é obrigatório o uso de máscaras em locais públicos e privados. A funcionária teria pedido para ele obedecer ao decreto, mas o homem passou a xingar a enfermeira, “vai tomar no c*”, dizendo ainda que colocava a máscara a hora que ele bem entendesse.

Segundo o relato da mulher feiro ao site JP News, na última sexta-feira (29), o homem teria ido ao posto de saúde e por várias vezes foi chamada a sua atenção para colocar a máscara e ele ignorava os pedidos dos enfermeiros. Nesta segunda (1º) havia na unidade várias pessoas aguardando atendimento como crianças e idoso.

A polícia foi acionada e o homem levado para a delegacia.

Jornal Midiamax