Durante fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município de Eldorado, policiais militares ambientais de Mundo Novo localizaram na quinta-feira (9) , uma área de extração de argila na região do Distrito de Porto Caiuá, onde havia uma máquina retroescavadeira trabalhando na extração do produto.

Segundo informações da polícia, uma extensa área de escavação já havia sido aberta. Durante a ação eles constataram que a atividade pertencia a uma empresa cerâmica, com domicílio jurídico no município de Mundo Novo e a argila era retirada para a fabricação de tijolos.

Em consulta ao responsável pela empresa, a equipe foi informada de que a exploração mineral era executada sem a devida licença ambiental. As atividades foram interditadas até regularização junto ao órgão ambiental e a retroescavadeira foi apreendida.

A empresa foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 5 mil, devendo ainda apresentar um Prada (Plano de Recuperação das Áreas degradadas e Aletradas) junto ao órgão ambiental.