Foram identificados como Ronaldo Adriano Pinheiro, de 34 anos, e Mansur Severino Chocair, de 41 anos, duas das vítimas do acidente grave ocorrido na manhã de quinta-feira (9). A colisão entre carretas aconteceu na MS-306, entre Chapadão do Sul e Cassilândia, a aproximadamente 420 quilômetros de Campo Grande.

Segundo uma testemunha, um caminhão transportava carne e seguia sentido Chapadão do Sul/Cassilândia. Já o outro estava no sentido contrário, com carregamento de ração, e um terceiro seguia no mesmo sentido, carregado com papelão.

Duas vítimas de acidente entre carretas que terminou em incêndio são identificadas
(Foto: O Correio News)

Em determinado momento, o caminhão com carga de papelão tentou ultrapassar aquele que levava ração, mas como havia muita cerração na pista naquele momento, não viu o outro veículo na pista contrária. No entanto, quando percebeu o caminhão, tentou voltar para a pista e acabou colidindo no outro veículo lateralmente.

Mesmo assim, também ocorreu o choque com o caminhão que seguia em sentido contrário, que parou em “L” na pista. Após a colisão, teve início incêndio nos caminhões, que foi controlado após trabalho de aproximadamente 8 horas dos bombeiros de Chapadão do Sul.

Também estiveram no local equipes da Perícia e Polícia Civil, que constataram que Ronaldo, condutor que seguia para Cassilândia, foi encontrado morto preso nas ferragens. Já os outros dois condutores morreram carbonizados e até o momento apenas Mansur foi identificado.

A Polícia Civil trata o acidente como morte a esclarecer.