Cão policial detecta e passageira é presa com supermaconha em mala na rodoviária

Na noite de quinta-feira (9), passageira de 23 anos que embarcava para Minas Gerais foi presa em flagrante na rodoviária de Campo Grande. Ela levava na mala pouco mais de 8 quilos de skunk, a ‘supermaconha’, mais forte e até 30 vezes mais cara que a maconha. Conforme o registro policial, equipe do Canil do […]
| 10/07/2020
- 10:59
Cão policial detecta e passageira é presa com supermaconha em mala na rodoviária
Ozzy encontrou a droga, que foi apreendida (Foto: Divulgação) - Ozzy encontrou a droga, que foi apreendida (Foto: Divulgação)

Na noite de quinta-feira (9), passageira de 23 anos que embarcava para foi presa em flagrante na rodoviária de Campo Grande. Ela levava na mala pouco mais de 8 quilos de skunk, a ‘’, mais forte e até 30 vezes mais cara que a maconha.

Conforme o registro policial, equipe do Canil do Batalhão de Choque fez abordagem no terminal rodoviário, com o cão de faro Ozzy. Assim, ele detectou e apontou presença de entorpecentes em uma das bagagens.

Em seguida foi feita verificação e constatado que havia mais de 8 quilos de skunk naquela mala. A passageira responsável então foi identificada e na mala de mão foram encontradas ainda mais porções de maconha.

Com isso, ela foi presa em flagrante por tráfico de drogas e levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol. Conforme informações da polícia, o skunk pode ser custar R$ 20 mil e até R$ 30 mil, dependendo da localidade.

Veja também

Um dos condutores foi encaminhado para o hospital com traumatismo Craniano Encefálico

Últimas notícias