O corpo de Ramão de Lima de 42 anos foi encontrado na manhã desta quarta-feira (22) por equipes do Corpo de Bombeiros no Rio Anhanduí, que fica em Sidrolândia a 70 quilômetros de Campo Grande. Ele estava desaparecido há 3 dias.

Ramão desapareceu nas águas do rio enquanto caçava javalis com um amigo que acabou preso por porte ilegal de arma de fogo. Com ele foi apreendida uma espingarda calibre .24, que estava com três munições intactas e duas deflagradas.

O corpo da vítima foi encontrado por volta das 7 horas da manhã desta quarta (22) às margens do rio. Ele caiu nas águas do rio no domingo (19), quando tentou atravessar o rio enquanto caçava javalis.

O amigo de 51 anos ligou para o Corpo de Bombeiros depois que a vítima desapareceu nas águas. Ele contou que os dois caçavam javalis quando em determinado momento, os cachorros correram atrás de um porco e ele resolveu atravessar o rio, já que viu os cães atrás de um javali do outro lado.

Ele disse que atravessou o rio e ao olhar para trás não viu o companheiro resolvendo voltar a nado a procura do homem, que desapareceu. Foi neste momento que resolveu voltar até a chácara onde havia deixado o carro e ligar para os bombeiros.