Polícia

Após agredir ex, homem quebra viatura, tenta pegar arma de guarda e consegue fugir

Após agredir a ex-companheira, um homem de 29 anos quebrou o vidro de uma viatura da GCM (Guarda Civil Metropolitana), tentou dar um soco em um dos guardas e ainda tentou pegar a arma dele. O caso ocorreu durante o atendimento da ocorrência no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. O suspeito conseguiu fugir. Conforme […]

Dayene Paz Publicado em 17/05/2020, às 08h32

Deam investiga caso. Imagem: Divulgação
Deam investiga caso. Imagem: Divulgação - Deam investiga caso. Imagem: Divulgação

Após agredir a ex-companheira, um homem de 29 anos quebrou o vidro de uma viatura da GCM (Guarda Civil Metropolitana), tentou dar um soco em um dos guardas e ainda tentou pegar a arma dele. O caso ocorreu durante o atendimento da ocorrência no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. O suspeito conseguiu fugir.

Conforme o boletim de ocorrência, registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), a mulher de 33 anos de idade tem três filhos com o suspeito, com quem conviveu por 14 anos, porém estão separados. Neste sábado (17), o casal discutiu após o homem retornar bêbado para casa.

Em seguida, a vítima relatou que levou um soco na boca e vários chutes, ficando com várias escoriações. O homem então pegou uma faca e partiu para cima da mulher, que conseguiu correr e acionar guardas que passavam próximo ao local. Os guardas iriam encaminhar a vítima para atendimento médico, quando o suspeito chegou em um veículo Fiat Uno, freando bruscamente atrás da viatura.

O homem então desceu do carro e foi em direção a viatura, quando abriu a porta dianteira do passageiro e bateu com força, quebrando o vidro. A Guarda efetuou um disparo de spark, mas não funcionou. Neste momento, o autor saiu correndo e se deparou com uma viatura da Polícia Militar.

Ele retornou e tentou atingir um guarda municipal com um soco e pegar sua arma, mas sem sucesso. Em seguida, conseguiu fugir do local. A vítima foi encaminhada para atendimento na Santa Casa da Capital e o homem ainda não foi localizado. A viatura da Guarda passou por perícia.

Jornal Midiamax