Polícia

Antes de ser morto na fronteira de MS, homem tentou correr dos pistoleiros

Foi identificado como Joari José Paz de Lima, de 39 anos, o homem assassinado por pistoleiros nesta terça-feira (08), no Jardim Ivone, em Ponta Porã, município localizado na fronteira com o Paraguai, a 346 quilômetros de Campo Grande. Informações são de que ele tentou fugir dos pistoleiros, mas sem sucesso. Conforme o site Ponta Porã […]

Renan Nucci Publicado em 08/12/2020, às 16h37 - Atualizado às 18h39

Local onde a vítima caiu após ser assassinada. Foto: Divulgação
Local onde a vítima caiu após ser assassinada. Foto: Divulgação - Local onde a vítima caiu após ser assassinada. Foto: Divulgação

Foi identificado como Joari José Paz de Lima, de 39 anos, o homem assassinado por pistoleiros nesta terça-feira (08), no Jardim Ivone, em Ponta Porã, município localizado na fronteira com o Paraguai, a 346 quilômetros de Campo Grande. Informações são de que ele tentou fugir dos pistoleiros, mas sem sucesso.

Conforme o site Ponta Porã News, o homem estava sentado na frente de casa, quando os criminosos chegaram de carro, desembarcaram e começaram a atirar, surpreendendo-o. Joari começou a correr, mas caiu logo em seguida, onde foi atingido por vários outros disparos.

 Ele seria acusado do homicídio de um adolescente de 16 anos ocorrido em 2018. Na época, chegou a ser preso no mesmo bairro onde foi assassinado. A 1ª Delegacia de Polícia Civil investiga o homicídio.

Jornal Midiamax