Polícia

‘Amigo’ armou emboscada e matou homem a facadas durante caça

Um homem de 34 anos de idade foi preso pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil, acusado de matar ‘amigo’ a facadas na cidade de Iguatemi, a 466 quilômetros de Campo Grande. A polícia descobriu na investigação que o suspeito teria armado uma emboscada, convidando a vítima para caçar tatu, quando a surpreendeu […]

Dayene Paz Publicado em 07/04/2020, às 14h34 - Atualizado às 14h43

Polícia continua com investigação. Imagem: Divulgação PCMS
Polícia continua com investigação. Imagem: Divulgação PCMS - Polícia continua com investigação. Imagem: Divulgação PCMS

Um homem de 34 anos de idade foi preso pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil, acusado de matar ‘amigo’ a facadas na cidade de Iguatemi, a 466 quilômetros de Campo Grande. A polícia descobriu na investigação que o suspeito teria armado uma emboscada, convidando a vítima para caçar tatu, quando a surpreendeu com as facadas, a primeira nas costas.

De acordo com as informações da Polícia Civil, o crime ocorreu no dia 17 de março e o suspeito foi preso na tarde da última sexta-feira (3), após depoimento de uma testemunha que presenciou o crime. Ele estaria planejando fugir para uma fazenda em outro município, então o delegado responsável pelas investigações, Pablo Ricardo Campos dos Reis representou pela prisão preventiva do suspeito. Ele irá responder por homicídio qualificado pelo motivo fútil, cuja pena pode chegar a 30 anos de prisão.

Durante as investigações foi apurado que o crime ocorreu em uma área de pastagem, distante aproximadamente 700 metros da área urbana. O suspeito teria planejado o crime e armado uma emboscada chamando o homem de 32 anos para caçar tatu em um sítio por volta das 20 horas.

No trajeto, o suspeito aproveitou que a vítima estava distraída na sua frente, quando desferiu a primeira facada nas costas. A vítima cambaleou e caiu, então o acusado montou por cima e desferiu mais três facadas no peito e pescoço.

Jornal Midiamax