Ameaçado por suposta traição, jovem é agredido em boate e vira alvo de tiros

Homem de 24 anos escapou por pouco de ser assassinado por desafeto em uma casa de shows no município de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande. O suspeito teria agido por vingança, por acreditar que a esposa estava tendo um caso com a vítima. Os fatos ocorreram na madrugada de sábado, mas […]
| 09/11/2020
- 17:31
Viatura da PM na Delegacia de Polícia de Chapadão do Sul (MS Todo Dia
Viatura da PM na Delegacia de Polícia de Chapadão do Sul (MS Todo Dia, Divulgação) - Viatura da PM na Delegacia de Polícia de Chapadão do Sul (MS Todo Dia, Divulgação)

Homem de 24 anos escapou por pouco de ser assassinado por desafeto em uma casa de no município de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande. O suspeito teria agido por vingança, por acreditar que a esposa estava tendo um caso com a vítima. Os fatos ocorreram na madrugada de sábado, mas foram divulgados pela apenas nesta segunda-feira (09).

Conforme relatado, na ocasião, o rapaz disse que estava na , quando foi abordado pelo desafeto que estava armado e o levou à força para o banheiro, dizendo que iria matá-lo por conta da traição. No entanto, ele se aproveitou de um descuido do autor e fugiu, mas foi alcançado por comparsas do autor e agredido.

Mesmo assim, o jovem ainda teve forças para se livrar do grupo e foi embora. Ao se aproximar de casa, notou que o autor estava se aproximando em um carro. A vítima começou a correr e  pular muros, enquanto era alvo de vários disparos. Contudo, não foi atingida e acionou a PM que fez rondas, mas não encontrou o suspeito.

Veja também

Últimas notícias