Polícia

Som alto e algarrazas irritam moradora do Guanandi durante a madrugada

Uma mulher de 33 anos procurou a Polícia Civil na manhã deste domingo (4) para reclamar do som alto e algazarras de um vizinho, no bairro Guanandi, em Campo Grande. A moradora disse que tem um filho bebê e não conseguiu descansar com o barulho da festa. Conforme boletim de ocorrência, por volta das 19h, […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 04/08/2019, às 08h34

Caso foi registrado na Depac Piratininga (Arquivo, Midiamax)
Caso foi registrado na Depac Piratininga (Arquivo, Midiamax) - Caso foi registrado na Depac Piratininga (Arquivo, Midiamax)

Uma mulher de 33 anos procurou a Polícia Civil na manhã deste domingo (4) para reclamar do som alto e algazarras de um vizinho, no bairro Guanandi, em Campo Grande. A moradora disse que tem um filho bebê e não conseguiu descansar com o barulho da festa.

Conforme boletim de ocorrência, por volta das 19h, o rapaz ligou o som alto e começou a cantar e fazer algazarras. No decorrer da noite, diversas pessoas chegaram no local para beber e perturbaram a vizinhança com barulho de motos acelerando.

Segundo a mulher, ela tem um filho de 7 meses de idade que não conseguiu dormir durante a madrugada por causa do barulho. A festa teria continuado até às 7h.

Jornal Midiamax